André Lemos - Materialidade dos Dispositivos de Leitura Eletrônicos

André Lemos - Materialidade dos Dispositivos de Leitura Eletrônicos André Lemos - Materialidade dos Dispositivos de Leitura Eletrônicos

Rodrigo Savazoni - Sobre o Momento Digital

Rodrigo Savazoni - Sobre o Momento Digital Rodrigo Savazoni - Sobre o Momento Digital

Arthur Protasio - Games: Uma Mídia de Expressão

Arthur Protasio - Games: Uma Mídia de Expressão Arthur Protasio - Games: Uma Mídia de Expressão

Beatriz Lagoa - Arte-tecnologia: divergências e convivências

Beatriz Lagoa - Arte-tecnologia: divergências e convivências Beatriz Lagoa - Arte-tecnologia: divergências e convivências

Jonas Federman - Notas sobre um curso de Arte Digital

Jonas Federman - Notas sobre um curso de Arte Digital Jonas Federman - Notas sobre um curso de Arte Digital

Luiz Agner - Informação jornalística e design da interação gestual

Luiz Agner - Informação jornalística e design da interação gestual Luiz Agner - Informação jornalística e design da interação gestual

César Viana - Como preparar jornalistas e a mídia para lidar com os novos espaços de informação e cidadania

César Viana - Como preparar jornalistas e a mídia para lidar com os novos espaços de informação e cidadania César Viana - Como preparar jornalistas e a mídia para lidar com os novos espaços de informação e cidadania

Por uma ideia de literatura expandida

Por uma ideia de literatura expandida Por uma ideia de literatura expandida

Sujeito Oculto - Download gratuito

Sujeito Oculto - Download gratuito Sujeito Oculto - Download gratuito

Por que as mulheres estão irritadas?

Em sua página no Medium, a professora Kate Harding indica 58 textos e livros que contextualizam e fundamentam a luta feminina nos últimos anos. Divididos em 13 tópicos, abordam desde temas mais introdutórios, como o conceito histórico de patriarcado, até questões específicas, como as relações da mulher no mundo do trabalho. Leia mais clicando aqui.

Fakenews na mira

As redes sociais foram um dos principais motores da interferência russa nas eleições americanas de 2016. Milhares de perfis falsos foram criados para a disseminação de mensagens viralizantes, apostando no potencial de repercussão fácil e gratuita que a internet oferece. Apenas no Facebook, onde se deu a maior ofensiva russa, foram 2.700 contas, 80.000 postagens e uma audiência de 126 milhões de pessoas. Para suprimir práticas como essa, Google, Facebook e Twitter, entre outras empresas de publicidade e plataformas online, assinaram o “Código de Prática sobre Desinformação” da Comissão Europeia no último mês. O tratado é um compromisso autorregulatório...

A Guerra das Palavras

No livro recém publicado The War of Words, o falecido teórico retórico e crítico cultural Kenneth Burke entende a mídia como agente da guerra política. No livro, Burke pede aos leitores que reconheçam o papel que desempenham na sustentação da polarização. Leia mais sobre a obra clicando aqui.

O lucro do ódio

O debate político atual no Brasil encontra nas grandes redes sociais espaço para se propagar. Entretanto, muitos conteúdos que ferem direitos humanos vem sendo compartilhado nas redes. O Twitter, Facebook e Google possuem mecanismos capazes de neutralizar instantaneamente esses conteúdos, mas muitas vezes preferem garantir a liberdade de expressão. Por quê? Os algorítimos são capazes de identificar quais tipos de mensagens prendem mais nossa atenção. As publicações com mais comentários, reações, compartilhamentos e retweets impulsionam os anúncios publicitários. Dessa forma, conteúdos de ódio, que ferem as minorias e que atentam ao Estado Democrático de Direito, apesar de violar as...

XI Simpósio Nacional da Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura

A Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura (ABCiber) está com inscrições abertas para seu XI Simpósio Nacional, com a temática “Fluxos Emergentes e Conexões Expandidas no Ecossistema Digital”. O evento será realizado na Universidade Federal de Juiz de Fora, em Minas Gerais, e as inscrições podem ser feitas até o dia 1/10/18. Para inscrições e maiores informações, clique aqui.

Robôs: os novos influencers

O número crescente personagens robôs em redes sociais gera debates. Miquela Sousa, criada pela start-up de Brud, e Shudu, criada pelo Cameron-James Wilson, e definida como a “primeira super modelo digital”, são exemplos desse avanço. A especialista em personagens influentes nas redes sociais Rafaela Almeida contou ao El País que “é lícito uma marca adotar uma estratégia de marketing com humanoides, sempre e quando ficar claro que se trata de publicidade”. Segundo Ana Maestre da Okiko, até então as marcas não negam a origem robótica dos personagens, mas caso isso mude, talvez seja necessário descobrir como lidar: “não é...

Pixels e a nova estética literária

O que acontece com a literatura no mundo digital? A professora de cultura digital do Politecnico di Milano e PhD Giovanna Di Rosario explora, em conferência TEDx, a interatividade da literatura digital, que mistura texto, sons e imagens. A interatividade determina novas figuras retóricas, e a professora debate as características da história digital discute a nova estética literária. A palestra pode ser assistida clicando aqui.

Aprenda mandarim nas redes sociais

Chinesa oferece curso gratuito de mandarim pelas redes sociais. Com transmissão ao vivo às quintas-feiras, às 9h, a professora Xiao, formada em letras na China e especializada no ensino de mandarim para estrangeiros, quer ensinar para pessoas que não têm condições de pagar um curso e tornar o idioma conhecido. “A China já é o maior parceiro comercial do Brasil desde 2009, mas mesmo assim a língua chinesa ainda é desconhecida da grande maioria dos brasileiros”, conta a professora em sua página no Facebook, e complementa: “basta ter disciplina e não desistir. Espero que daqui algum tempo todos percebam...

A luta contra o assédio a jornalistas

Cartilha que explica como lidar com ataques a jornalistas na internet foi anunciada no congresso da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). A ideia foi revelada durante mesa que discutia o tema e teve participação de Jason Reich, head de segurança global do Buzzfeed. O assédio de haters cresce nas redes sociais e os jornalistas são um dos princiapais alvos do ódio. Reich recomenda os sites Acos Alliance e Security Planner, que dão dicas para tornar mais seguro o trabalho de jornalistas. O Farol Jornalismo está recebendo relatos de perseguição, ameaças ou assédio sofrido por profissionais de imprensa e...

Comprova: projeto contra fake news nas eleições reúne 24 veículos

Para combater fake news e seus impactos nas eleições presidenciais de 2018, 24 veículos de imprensa se reuniram em força tarefa. Previsto para agosto, o projeto Comprova vai monitorar e desvendar notícias falsas, criando fact list e distribuindo pelos canais do projeto. O mutirão, capitaneado pelo First Draft, da Universidade Harvard, nos EUA, especializado em estratégias de combate à fake news, conta com parceria das plataformas Google, Facebook, WhatsApp, Twitter, da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), do Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (Projor), entre outros. “A gente pode dizer que a iniciativa de colaboração entre esses veículos,...

Manual de narrativas imersivas interativas

É crescente entre profissionais de mídia a vontade de criar narrativas imersivas para o público, permitindo interação com recursos visuais, de áudio e dados simultaneamente. Entretanto, mesmo a mudança tecnológica permitindo, muitas vezes não temos a capacidade técnica ou faltam referências para concretizar esse desejo. Para preparar os profissionais em relação a isso, a organização de comunicação social sem fins lucrtivos norte americana National Public Radio disponibiliza manual que ensina o método Hypothesis-Driven Design desenvolvido e aplicado pela empresa para a construção de narrativas imersivas. O manual em inglês pode ser acessado clicando aqui.

Crise liberal e redes sociais

A evidente destruição do sistema político brasileiro, o Breixt no Reino Unido, a eleição de Macron na França e de Donald Trump nos EUA apontam para uma crise da democracia liberal no mundo. É o que diz o sociólogo espanhol Manuel Castells, de 76 anos. Um dos maiores especialistas das transformações sociais provocadas pela internet e da sociedade de redes, em entrevista à revista Época, ele comenta que as redes sociais “aumentam a autonomia dos cidadãos e de movimentos sociais vis-à-vis o sistema político, deslegitimando assim abusos das instituições democráticas. Por outro lado, elas amplificam movimentos de desestabilização por...

Aplicativo conta silenciamento feminino: Não me cale!

O silenciamento da fala feminina é uma das mais evidentes práticas machistas na sociedade contemporânea. Para combater isso, a agência de publicidade BETC/ Havas desenvolvou o aplicativo Woman Interrupted, que analisa em tempo real o número de interrupções à fala feminina e transforma em estatística. Expressando em números o machismo. Mesmo criado para o universo coorporativo, o app pode ser usado em qualquer situação cotidiana. A plataforma está disponível em inglês, francês e espanhol, e já foi baixado por mulheres de 116 países. “Pode parecer um problema pequeno, mas ele reflete questões profundas da falta de equidade e mostra...

A busca de americanos por informações, dos jornalistas por notícias e dos veículos por receitas.

Relatório anual do Pew Research Center mostra como americanos buscam informações, como as empresas de notícia obtêm suas receitas e os recursos disponíveis para jornalistas em seu trabalho cotidiano. A pesquisa traça panorama da mídia americana e sua capacidade de atrair olhos e dinheiro. Os indicadores apontam que a evolução da mídia é paralela ao crescimento da indústria. Subdivididos em jornais impresso, notícia digital, radiodifusão pública, mídia hispânica e africana, TV local, áudio e podcasting, internet e TV a cabo, o relatório pode ser acessado clicando aqui.

FakesApp

Assassinatos e agressões na Índia, pessoas negando vacina contra febre amarela no Brasil, influências em processo eleitoral do Quênia, desinformações no Reino Unido: não faltam notícias falsas circulando pelo WhatsApp. O aplicativo, diferente de outras redes sociais, não tem algoritmo que filtre as informações os usuários receberão, o que favorece a proliferação das fake news. Pesquisa do Instituto Reuters, da Universidade de Oxford, afirma que pessoas em todo mundo leem menos notícias no Facebook e cada vez mais se informam pelo WhatsApp, que tem cerca de 1,5 bilhões de usuários no mundo. O The Guardian publicou em seu site...

Deepfakes e pornografia

Grupos de falsificadores criam vídeos pornôs com celebridades. As chamadas “deepfakes”, vídeos que aplicam técnicas de inteligência artificial às imagens, acrescentando novos rostos aos corpos e simulando cenas, invadem a internet e preocupam especialistas. É o que diz a reportagem de Samantha Cole para a Vice, que reúne uma série de ensaios sobre o assunto e pode ser acessada clicando aqui.

Sites brasileiros na contramão da luta contra notícias falsas

Alguns grupos brasileiros reagiram negativamente ao combate de fake news pelo Facebook. Entre os 14 países onde a rede social criou parceria com agencias de checagens de notícia, o Brasil foi o único em que a reação foi observada. A plataforma, que ganhou fama nos últimos anos de ser espaço de propagação de notícias falsas, se manifestou em defesa dos jornalistas. “O trabalho deles é checar fatos, não ideias. Nossos parceiros no Brasil têm sido alvo de ataques pelo trabalho que estamos fazendo para ajudar a construir uma comunidade melhor informada. Condenamos essas ações e seguimos comprometidos em trabalhar...

Livro: Escrita não criativa e autoria – Curadoria nas práticas literárias do século XXI

A tendência de autores contemporâneos referirem-se a suas obras como trabalho de curadoria levou Luciene Azevedo e Tatiana da Silva Capaverde a organizarem o e-book Escrita não criativa e autoria – Curadoria nas práticas literárias do século XXI, pela editora E-galaxia. Os autores entendem que a não originalidade, citação, cópias e colagens possibilitam um novo paradigma na literatura.  A professora da Escola de Comunicação da UFRJ Cristiane Costa contribuiu com o artigo “Confissões de uma Ladra”, relatando o making of do seu livro Sujeito Oculto.   O livro pode ser adquirido pelo site da E-galaxia, clique aqui.

Conheça 253 obras sobre visualização de dados.

O grupo de pesquisa Seeing Data, que estuda como os dados são visualizados em nossa sociedade, disponibilizou extensa lista de livros e artigos usados por eles.  A publicação é subdivididas em geografia, direitos humanos, desenvolvimento, filosofia, política, interação humana com o computador e visualização de informações. Vale a pena conferir também outras publicações no site do grupo. Para saber mais sobre a listagem, clique aqui.

Manual de Comunicação LGBTI+ para um jornalismo sem preconceitos

Manual de Comunicação LGBTI+ para um jornalismo sem preconceitos

A Aliança Nacional LGBTI+ e Rede GayLatino lançam novo Manual de Comunicação LGBTI+, destinado a jornalistas e estudantes. A ferramenta pretende combater preconceitos e auxiliar no entendimento de termos, definições e conceitos, muitas vezes desconhecidos por profissionais da área. Para acessar, clique aqui.

Conheça o primeiro manual de literatura eletrônica

A era digital causou um impacto profundo na cultura literária, com novas tecnologias abrindo oportunidades para novas formas de produção e consumo do gênero que vai da hiperficção à poesia multimídia, passando pelos jogos de narrativa. Reunindo os melhores estudiosos e artistas de todo o mundo, The Bloomsbury Handbook of Electronic Literature é o primeiro manual de referência autorizada para o campo com uma brasileira entre os autores, Luciana Gattás, da Universidade de Hong Kong. Para saber mais informações sobre o livro e como comprar, acesse aqui.

Artigo discute o aspecto cognitivo da imersão na literatura digital

O artigo Immersion in Digital Fiction delineou uma abordagem empírica para mostrar como a imersão é experimentada de forma cognitiva, além de mostrar como os recursos extratextuais usados na ficção digital podem contribuir para o processo. Para ler, clique aqui

Cinco ferramentas para criar uma revista multimídia ou um e-book

Escrever uma revista multimídia ou um e-book pode ajudar alunos a desenvolverem e ilustrarem melhor seus projetos ou auxiliar profissionais em seus trabalhos. O blog Free Technology for Teachers selecionou cinco plataformas que possibilitam a criação e publicação desses conteúdos em seus navegadores. Para conhecê-los, clique aqui.

O futuro do jornalismo aumentado: Um guia para as salas de redação na era da inteligência artificial

O relatório “O Futuro do Jornalismo Aumentado” é o resultado da colaboração entre dois jornalistas, Francesco Marconi e Alex Siegma, e múltiplos sistemas de inteligência artificial. O conteúdo decorre de entrevistas com dezenas de especialistas nas áreas de jornalismo, tecnologia, academia e empreendedorismo. O resultado nos permite explorar as formas em que a inteligência artificial é e pode ser usada para expandir o jornalismo. O objetivo é apresentar as ferramentas básicas e os conhecimentos necessários para que o leitor possa decidir sobre uma futura implementação de inteligência artificial em sua sala de redação. Para acessar o relatório completo, clique...

Cambridge disponibiliza ferramenta online e gratuita que corrige seus textos em inglês na hora

O departamento sem fins lucrativo da universidade inglesa, Cambridge Language Assessment,  desenvolveu a ferramenta Write & Improve, que corrige em tempo real e gratuitamente as redações de seus usuários. A ferramenta é dividia em três níveis (iniciante, intermediário e avançado), e corrige textos que vão desde e-mails simples a textos de apresentação, entre outras situações. Para saber mais, clique aqui.

Apple estaria experimentando diversos protótipos de óculos e realidade aumentada

Segundo o Financial Times, a Apple estaria trabalhando em muitos tipos diferentes de protótipos de óculos para realidade aumentada, mas os profissionais da companhia ainda não bateram o martelo de como este produto seria. Em Cupertino há uma discordância: uma parte dos engenheiros defende a inclusão telas de projeção, que exibem o conteúdo diretamente nos olhos do usuário; outra parte acha melhor a escolha por um dispositivo dotado somente de uma ou mais câmeras, na verve do Spectacles, do Snapchat. Para saber mais sobre o novo projeto, clique aqui.

Encontre livros de grandes autores nessa biblioteca virtual

Textos e livros sobre marxismo, materialismo histórico, ciências sociais, antropologia, psicanálise e outras áreas estão disponíveis nessa biblioteca virtual, que hospeda, no Google Drive, autores como Gramsci, Marx, Hanna Arendt, Sigmund Freud. Para acessar, clique aqui.

“Educação Global em Jornalismo”: Centro Knight lança novo e-book para download gratuito

O Centro Knight lançou o livro “Educação Global em Jornalismo no século 21: desafios e inovações”, editado pelas professoras Robyn S. Goodman e Elanie Steyn, durante o 18º Simpósio Internacional de Jornalismo Online (ISOJ). Segundo as editoras, o livro é “acadêmico, mas também prático e como uma referência acessível para professores, instrutores, jornalistas, ativistas da mídia, políticos, fundações, ONGs, estudantes e outros com um interesse em jornalismo de qualidade”. O livro é o primeiro projeto do Centro Knight em sua nova iniciativa de publicar pesquisas acadêmicas internacionais sobre jornalismo. A publicação está disponível gratuitamente no site do Centro Knight,...

Curso Estado de Jornalismo aceita candidatos

O Grupo Estado abriu as inscrições para o 28º Curso Estado de Jornalismo, que será realizado em São Paulo entre 11 de setembro a 8 de dezembro. Nos três meses de treinamento, os alunos têm aulas pela manhã e passam o resto do dia nas diversas áreas da empresa. Experientes profissionais do Brasil e do exterior ensinam reportagem prática, com todas as etapas da produção jornalística, técnica e geral. A primeira fase é online e realizada no momento da inscrição. Inicialmente serão selecionados até 90 candidatos para a segunda fase, entre 22 e 25 de agosto, na sede do Grupo Estado...

7 modelos de negócios que podem salvar o futuro do jornalismo

A era digital revolucionou os padrões de consumo e interrompeu os modelos tradicionais de publicidade nos jornais. Com o baque nas receitas publicitárias, a base econômica da imprensa, os profissionais de mídia tiveram que buscar maneiras inovadoras de se manterem rentáveis. Algumas dessas estratégias já estão provando que o jornalismo continuará a existir no futuro. Neste link você pode encontrar alguns dos modelos mais promissores para financiar o jornalismo de qualidade.

Thomson Reuters organiza curso sobre reportagem de direitos a terra no Brasil

A Fundação Thomson Reuters, em parceria com Pulitzer Center on Crisis Reporting, está organizando um workshop sobre reportagem de direitos à terra. O curso será realizado de 15 a 18 de agosto no Rio de Janeiro. Compreensão dos direitos de propriedade e como a questão se relaciona com o Brasil; habilidades de jornalismo e técnicas de pesquisa; como construir fontes nesta área; e apresentações de especialistas fazem parte do conteúdo a ser apresentado. Os participantes com ideias de pauta sobre direitos de propriedade receberão financiamento modesto, bem como apoio editorial para ajudá-los a realizar essas ideias. Jornalistas que residem fora do Rio de Janeiro terão...

Concurso busca pautas sobre violência contra mulher

Promovido pelo Instituto Vladimir Herzog, a 9ª edição do Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão está em busca de pautas relacionado ao tema “Sob a ponta do iceberg: revelando a violência contra as mulheres que ninguém vê“. Dez finalistas terão a oportunidade de produzir e publicar a reportagem da pauta proposta, com o apoio financeiro e orientação do Instituto Vladimir Herzog. Os interessados podem se inscrever em cinco modalidades: jornal, revista, rádio, televisão e internet. As inscrições vão até 19 de junho. Para mais informações, clique aqui.

MSF lança guia de fontes para facilitar a cobertura de crises humanitárias

A organização humanitária internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) lançou o “Guia de Fontes em Ajuda Humanitária”, com o objetivo de estimular uma cobertura jornalística mais informada, frequente e abrangente de crises humanitárias. Faz parte do conteúdo contatos de organizações, agências multilaterais e órgãos governamentais atuantes no contexto humanitário, além de incluir artigos que esclarecem especificidades, as práticas e os dilemas da assistência emergencial, e um glossário básico de termos da ajuda humanitária e do Direito Internacional Humanitário. O manual também está disponível gratuitamente na versão online neste link.

ONU oferece bolsa para jornalista em países em desenvolvimento

O Reham Al-Farra Memorial Journalists’ Fellowship Programme, promovido pela Assembleia Geral da ONU, proporciona a jornalistas de países em desenvolvimento e em transição a oportunidade de ganhar experiência em primeira mão no trabalho das Nações Unidas em Nova York. É também uma oportunidade para conhecer jornalistas de outros países e trocar ideias com profissionais de comunicação da ONU. O programa será realizado entre os dias 11 e 29 de setembro. O perfil do candidato exige ser empregado por uma organização de comunicação reconhecida, fluente em inglês, ter entre 22 e 35 anos e ser nativo de um destes países. As inscrições vão até...

Cadastre-se no banco de frilas da Piauí e seja um colaborador

A revista Piauí está sempre a procura de boas histórias. Se você tem uma reportagem, fotografia, ilustração, infográfico, ou ideias multimídias, o _frilas é uma boa chance de você ter sua produção publicada. O primeiro passo é identificar a sua área de atuação. A partir daí, propor maneiras de abordar o seu tema de interesse e que se encaixe no perfil da revista e tornar-se um colaborador fixo. Para se cadastrar, clique aqui.

Le Monde disponibiliza curso online de francês gratuito

Le Monde, em parceria com a Fantastique, disponibilizou um curso de francês online e gratuito. Com duração de um mês, as aulas são de nível básico e contam com correção personalizada. Nas lições, recebidas diariamente por e-mail, é preciso seguir as aventuras de Vitor Hugo explorando o universo francês. Textos e diálogos também estão inclusos. Para saber mais, clique aqui.

Saiba as dicas dos fotógrafos da Magnum para iniciantes

A agência Magnum, a mais notável cooperativa de fotógrafos, está completando 70 anos. Como uma das ações para celebrar a efeméride, foi lançado, em parceria com o site “Lens Cultura”, um manual com dicas de seus renomados profissionais. Chamado “Wear Good Shoes” (vista bons sapatos), está disponível neste link. A Magnum foi fundada em 1947 por quatro grandes nomes da fotografia mundial: Robert Capa, Henri Cartier-Bresson, George Rodger e David “Chim” Seymour. A ideia era ter uma cooperativa que registrasse acontecimentos pelo mundo. Nos 70 anos de existência, passaram pela agência 92 profissionais –  hoje, são 49 atuando.

Abraji abre inscrições para a 9ª edição do Curso On-line de Jornalismo de Dados

Estão abertas as inscrições para a nona edição do Curso On-line de Jornalismo de Dados da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (ABRAJI), que tem início previsto para o dia 15 de maio, com duração de 4 semanas. O treinamento ensina a construir e aprofundar reportagens usando bancos de dados públicos. As vagas são limitadas. O custo é de R$ 120 para sócios da Abraji e R$ 150 para não sócios. Se aprovados, os alunos receberão certificados. A ABRAJI foi criada em 2002 por um grupo de jornalistas. Sem fins lucrativos, a associação organiza congressos, seminários e oficinas com o objetivo...

Como jornalistas são retratados no cinema

Como os jornalistas são representados no cinema? Em seu projeto de doutorado, Fabíola Tarapanoff mapeou os perfis de jornalistas em filmes de diferentes gêneros. Além do trabalho teórico, Tarapanoff produziu um vídeo reunindo cenas de filmes como “Jejum de amor”, “Todos os homens do presidente”, “Repórteres de Guerra”, “A montanha dos sete abutres”, “Intrigas de Estado”, “Diário de um jornalista bêbado”, “Bom dia, Vietnã”, “O diabo veste Prada”, “Uma manhã gloriosa”, “Quase famosos” e “Boa noite, boa sorte”. Assista aqui.

Curso de impressão 3D no Espaço Hub UF

Estão abertas as inscrições para o curso de impressão 3D oferecido no Espaço Hub, no Parque Tecnológico da UFRJ. Durante o curso, serão ensinados todos os processos de criação, desde a modelagem das ideias iniciais até a fabricação por impressão 3D propriamente dita. O custo é de R$ 600,00, mas as primeiras quatro turmas terão desconto de 40%, 30%, 20% e 10%, respectivamente. As aulas da primeira turma têm início no dia 10 de abril, com carga horária de 24h (aulas práticas e teóricas) e serão ministradas das 17h30min às 20h30min, de segunda a quinta. Para saber como se inscrever,...