Autopublicação: presente e futuro

Novos (e já permanentes!) paradigmas no mercado editorial

Parece inegável que as técnicas para um autor publicar por conta seu próprio livro estão aqui para ficar. Centenas de títulos invadem as lojas virtuais brasileiras com obras de autores de gêneros diversos, mas com uma coisa em comum: a opção pela autopublicação. A Simplíssimo, produtora gaúcha de e-books, lança um novo serviço gratuito para publicação e distribuição em lojas como Apple Store, Amazon, Livraria Cultura e Google Play. Chama a atenção a facilidade: basta enviar um original em .doc para ele seja convertido em ePub e distribuído para as livrarias. Saiba mais: http://bit.ly/1CbJPQV.

Em entrevista ao site Livreiro Nômade, o professor do Centro de Informática da UFPE e ex-cientista-chefe do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife Silvio Meira prevê que as ferramentas de autopublicação integram uma etapa de transição que vai alterar para sempre o mercado de livros no mundo. Confira: http://bit.ly/1MIM3gp.

Será que o hábito da leitura também vai sofrer mudanças? O que você acha?

Be Sociable, Share!

Comments are closed.