“Snowden”, novo filme de Oliver Stone

“Snowden”, novo filme de Oliver Stone

Em setembro, estreou nos cinemas americanos o filme “Snowden”, dirigido por Oliver Stone. O longa conta a história de Edward Snowden, responsável pelo vazamento de dados e documentos secretos do governo dos Estados Unidos. O jornalista Glenn Greenwald foi um dos responsáveis por levar a público a existência dos programas secretos de vigilância global dos Estados Unidos, denunciados por Snowden, e é um dos fundadores do jornal online The Intercept. Clique aqui para ler na íntegra o artigo publicado pelo site sobre o filme.

Saiba como escutar e apagar as gravações do Google das suas conversas

Saiba como escutar e apagar as gravações do Google das suas conversas

A notícia de que o Google grava as conversas chocou o mundo na última semana. O jornal britânico online The Independent publicou uma reportagem contando mais sobre o caso e ensinando como ouvir e deletar as gravações feitas das suas conversas. Quer se surpreender? Confira o artigo na íntegra clicando aqui.

Ferramentas para criar reportagens visuais

Ferramentas para criar reportagens visuais

Nem só de texto se constrói uma boa reportagem. Para prender a atenção do leitor, é preciso explorar todas as possibilidades que a tecnologia oferece. A IJNET, rede de jornalistas internacionais, reuniu três ferramentas que ajudam a produzir conteúdo multimídia em poucos minutos. Confira o artigo na íntegra clicando aqui.

Aplicativo mede cômodos em minutos

Aplicativo mede cômodos em minutos

É só abrir o aplicativo RoomScan, encostar o celular na parede e pronto. Através de um sensor, ele tira as medidas do cômodo e desenha a planta baixa em minutos. Disponível para iOS na App Store por U$5, ele fornece o desenho final para download em .pdf e .dxf, para ser usado em programas especializados como AutoCAD e SketchUp. Visite o site oficial para saber mais e conferir uma demonstração, clicando aqui.

A dominação dos sistemas cognitivos

A dominação dos sistemas cognitivos

James Kobielus, Data Science Evangelist da IBM e colunista da InfoWorld, prevê que “em 2020 a IoT(“internet das coisas”) cognitiva estará tão entranhada na realidade cotidiana que a vida sem ela se tornará cada vez mais impensável.” Em uma postagem publicada no site CIO, ele diz que os aparelhos “inteligentes” prometem tomar conta de todas as esferas da vida nos próximos anos. O que esperar desse cenário? Leia o artigo completo aqui para saber mais.

Ferramentas e aplicativos de transcrição para jornalistas

Ferramentas e aplicativos de transcrição para jornalistas

Transcrever entrevistas é uma atividade que exige tempo e paciência. Não tem nenhum dos dois? Há uma série de programas que ajudam a resolver esse problema. A IJNET, rede de jornalistas internacionais, disponibilizou uma lista com as melhores opções. Confira o artigo na íntegra aqui. Além dessas ferramentas, também é possível usar o Google para fazer a transcrição. Veja como aqui.

Aplicativo para escrever em outros idiomas

Aplicativo para escrever em outros idiomas

Writefull é um aplicativo para quem quer escrever melhor em outros idiomas. Ele permite verificar se certas expressões são muito utilizadas, pesquisar por sinônimos e encontrar as melhores palavras para completar frases.O site utiliza uma base de dados extensa, que inclui Google Books, Google web, Google Acadêmico e Google News. Para utilizar a ferramenta, acesse o site oficial: writefullapp.com

Pokebola de dados

Pokebola de dados

Olimpíadas? Esqueça. Pokemon Go é o jogo do momento. Sensação entre fãs de todas as idades, já desbancou o Facebook e o Netflix em número de downloads. O aplicativo exige acesso à câmera e à localização dos usuários 24h por dia para funcionar, permitindo à companhia criadora, Niantic Labs, acesso a informações sigilosas dos jogadores. Mas seu criador, John Hanke, não é novato nesse universo de “captura” de dados. Ele trabalhou com o Google e a CIA para coletar imagens geográficas e lançar o Google Earth, projeto que acabou desencadeando um escândalo de coleta de dados de maneira ilegal....

Ferramentas essenciais para iniciantes em jornalismo de dados

Ferramentas essenciais para iniciantes em jornalismo de dados

O jornalismo de dados exige que o profissional saiba usar números e estatísticas para contar histórias da melhor forma possível. Para isso, é necessário que ele aprenda a lidar com ferramentas que otimizem todas as informações disponibilizadas. O site IJNET, de uma rede de jornalistas internacionais, publicou um guia com dicas e recursos para quem está começando nessa área. Para conferir tudo, é só acessar a página.

Edital Sebrae de Inovação

Edital Sebrae de Inovação

Tem um projeto inovador precisando de investimento? Estão abertas até dia 23 de setembro as inscrições do Edital Sebrae de Inovação. Serão distribuídos subsídios de até R$ 120 mil para cada um dos projetos selecionados, que terão um prazo de execução de 24 meses. O objetivo é impulsionar pequenos negócios com potencial para grandes transformações. As categorias são “Desenvolvimento Tecnológico” e “Encadeamento Tecnológico”. Saiba mais: http://www.inovacao.ufrj.br/index.php/noticias/401-sebrae-lanca-edital-de-inovacao

Musicmap: a árvore genealógica da música

Musicmap: a árvore genealógica da música

Essa é para os apaixonados por música: Musicmap é um guia interativo fantástico sobre as definições, as relações e os estilos das música populares dos últimos 146 anos. Inclui a trajetória, os subgêneros e os grandes sucessos de blues, jazz, rock, metal, folk, techno, rap e muitos outros, todos separados por cores. A plataforma é resultado de sete anos de pesquisa do arquiteto belga Kwinten Crauwels e está disponível no site http://www.musicmap.info/

Ferramentas para análise de redes sociais

Ferramentas para análise de redes sociais

Quando vale um like? Mais do que fazer posts, é importante avaliar a interação das pessoas com o seu conteúdo para medir o seu “poder”. É aí que entram em cena as ferramentas de monitoramento e análise das redes sociais. Quer saber como usar isso a seu favor? É só acessar: http://www.k-government.com/2016/06/28/100-herramientas-analisis-redes-sna-ars/

Gênero e algoritmos em plataformas digitais

Gênero e algoritmos em plataformas digitais

Já se perguntou como são selecionadas as propagandas e conteúdos que aparecem no feed do seu Facebook? Ou por que alguns links aparecem para você no Google, mas não para seus amigos? É tudo obra de um algoritmo. E mais do que mudar os resultados de uma pessoa para a outra, ele também apresenta conteúdos diferentes para pessoas de gêneros diferentes que pesquisam o mesmo assunto. Quer saber mais sobre isso? Confira o texto de Daniela Silva no portal #AgoraÉQueSãoElas: http://agoraequesaoelas.blogfolha.uol.com.br/2016/04/25/sobre-mulheres-codigos-e-algoritmos-genero-nas-plataformas-digitais/

13 sites que querem mudar o jornalismo brasileiro

13 sites que querem mudar o jornalismo brasileiro

Em tempos de enxugamento nas redações e crise do jornalismo industrial, diversas iniciativas independentes pipocam pelo país e mantêm a democratização da informação em pauta. O site Buzzfeed publicou uma lista com 13 sites que estão mudando a face do jornalismo brasileiro, incluindo coletivos, revistas independentes e sites colaborativos. Confira a lista na íntegra: Buzzfeed.

Como jornalismo, arte e tecnologia trabalham juntos

Como jornalismo, arte e tecnologia trabalham juntos

O jornalismo e a arte sempre estiveram entrelaçados – nas fotografias que ilustram reportagens, na construção narrativa dos fatos descritos e muito mais. Em um artigo, o jornalista investigativo Michael Blanding analisa como, atualmente, a tecnologia, a arte e o jornalismo trabalham juntos – tanto na maneira como os repórteres contam suas histórias quanto na maneira como artistas abordam questões sociais em seus trabalhos. Confira o artigo na íntegra: http://niemanstoryboard.org/stories/journalism-and-art-complementary-and-collaborative-storytelling/

Curso ‘Level Up! Games como Mídia, Mercado e Indústria’

Curso ‘Level Up! Games como Mídia, Mercado e Indústria’

O Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS) está lançando o curso rápido ‘Level Up! Games como Mídia, Mercado e Indústria’, realizado ao vivo online. Os temas incluem uma breve história dos jogos eletrônicos, panorama do mercado e da indústria, transmídia e a produção e o desenvolvimento dos jogos. Serão 4 aulas, a partir do dia 30 de maio (segundas e quartas das 19h às 20h). O investimento é de R$290. Para mais informações, visite o site: http://itsrio.org/projects/curso-online-level-up-games-como-midi a-mercado-e-industria/

Mapa do jornalismo independente

Mapa do jornalismo independente

O site da Agência Pública disponibilizou um mapa interativo de iniciativas de jornalismo independentes de todo o país. Segundo a página, foram selecionadas as que “nasceram na rede, fruto de projetos coletivos e não ligadas a grandes grupos de mídia, políticos, organizações ou empresas.” São dezenas de projetos voltados para temas de interesse público que abordam assuntos diversos. Para explorar o mapa, basta acessar apublica.org/mapa-do-jornalismo.

FLUPP 2016

FLUPP 2016

Alexandre Faria, Cristiane Costa e Miguel Conde são todos cúmplices do professor João Cezar. Já levantei a ficha. Fazem parte da banca de narrativas curtas da FLUPP Pensa 2016! As inscrições desse processo (só podia ser processo) terminam AMANHÃ no site: www.flupp.net.br

Informações em disputa: confiabilidade e a legitimidade nas redes virtuais

Informações em disputa: confiabilidade e a legitimidade nas redes virtuais

As redes sociais na internet se tornaram um campo de disputa de versões e narrativas. Como avaliar a confiabilidade e a legitimidade da informação na era da “massa de mídias”? O segundo debate do Rio de Encontros 2016 vai receber a coordenadora do curso de Jornalismo da UFRJ, Cristiane Costa, o midiativista Rafucko e a jornalista e coordenadora da agência de checagem Lupa, Cristina Tardáguila para debater sobre o assunto. O evento será no dia 19 de maio, quinta-feira, das 14:00h às 17:30h no auditório da ESPM/RIO. Ao final do debate, haverá lanche e troca de ideias. Endereço: Rua do Rosário, 111/ 8º andar...

Adobe Slate, um aplicativo para newsletters e apresentações

Adobe Slate, um aplicativo para newsletters e apresentações

Você conhece o Slate? É uma plataforma desenvolvida pela Adobe com mecanismos de edição de fotos, vídeos e texto. Oferece layouts prontos, diversas fontes e muitas opções de costumização. O conteúdo pode ser compartilhado em redes sociais, e-mails e mensagens de texto. O programa está disponível como aplicativo para iPads e é gratuito. Confira uma reportagem sobre os Mundurukus desenvolvida com o aplicativo. Para saber mais, visite o site oficial: https://slate.adobe.com/welcome/

Plataforma TIM Tec de cursos online

Plataforma TIM Tec de cursos online

O Instituto TIM expandiu a quantidade de cursos de sua plataforma online TIM Tec, voltada para cursos profissionalizantes. Atualmente são 24 cursos de temas que abrangem as áreas de Comunicação e Informação, como desenvolvimento de software, criação de sites e programação de games. Os cursos são gratuitos e podem ser acessados aqui: http://institutotim.org.br/

Site interativo sobre a exploração espacial

Site interativo sobre a exploração espacial

In Space We Trust é um site para fãs de astronomia. Numa timeline interativa, com fantásticas animações, o internauta acompanha a história da exploração espacial, incluindo os primeiros foguetes e pousos em corpos celestes. Para explorar o universo como um astronauta, basta acessar: http://inspacewetrust.org/en/

Game de Jornalismo Investigativo

Game de Jornalismo Investigativo

Brinque de Eduardo Cunha com o newsgame Stairway to Tax Heaven. Desenvolvido pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos e inspirado pelo escândalo Panama Papers, funciona como um jogo, em que o objetivo é esconder o dinheiro recebido pelo personagem de sua escolha sem ser pego. Topa o desafio? Então acesse https://panamapapers.icij.org/stairway_tax_heaven_game/

Curso de Jornalismo de Dados

Curso de Jornalismo de Dados

Apurar bens de políticos e de doações de campanhas, investigar gastos de parlamentares e servidores públicos e analisar informações sobre saúde e mortalidade. Essas serão algumas das habilidades que os alunos que se inscreverem no Curso Online de Jornalismo de Dados da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) aprenderão. O curso, que está na sua quarta edição, começa no dia 29 de fevereiro e tem duração de quatro semanas. As vagas são limitadas! Para se inscrever: https://form.jotform.com/60313666482961

A sala de aula do futuro

A sala de aula do futuro

  Imagine-se assistindo uma aula com outras 200 pessoas sem que todos estejam no mesmo lugar físico ou na mesma cidade? Na primeira sala-conceito Xperience, isso será possível. Voltada à educação executiva, ela contará com quatro lousas interativas, oito mesas coletivas equipadas com microfone e projeção de vídeo, além de uma tela LCD de 46” polegadas. Nos quadros interativos, o professor poderá fazer anotações e os alunos salvá-las automaticamente em seu computador, não importando onde estejam. O projeto, orçado em US$ 2 milhões, foi desenvolvido pela Fundação Dom Cabral, uma escola brasileira que capacita executivos. Segundo Flávio Batel, diretor geral da Steelcase, empresa responsável...

Curso de jornalismo pretende empoderar mulheres

Curso de jornalismo pretende empoderar mulheres

 O GlobalGirl Media (GGM), uma organização americana dedicada ao empoderamento de jovens mulhers através da mídia, está angariando fundos para uma nova iniciativa em São Paulo. O programa centra-se nas relações entre sexualidade e tecnologia, e pretende fornecer um canal para mulheres expressarem sua opinião através do jornalismo e outras mídias. Apesar de ainda se encontrar em estágios primários, o projeto oferecerá a 10 garotas, entre 15 e 17 anos, treinamento em jornalismo e mídias audiovisuais durante um programa inicial de 3 meses. As meninas serão selecionas em escolas públicas da periferia de São Paulo. http://www.abraji.org.br/?id=90&id_noticia=3288

Biblioteca Digital Feminista

Biblioteca Digital Feminista

A Biblioteca Feminista é um centro de documentação de livros, artigos e teses sobre mulheres, sem restrições de direitos autorais. A Biblioteca está organizada em sessões e cada uma delas também poderá conter temas, os textos são procurados por palavras-chave. Para enviar textos para serem arquivados na plataforma digital é só entrar em contato pelo e-mail contato@feminismo.org.br   http://www.bibliotecafeminista.org.br/index.php?option=com_remository&Itemid=56

Bolsas para mestrado na Dinamarca

Estão abertas até o dia 10 de janeiro de 2016 as inscrições para as bolsas de mestrado em Jornalismo na Dinamarca do Erasmus Mundus. O mestrado em Jornalismo, Mídia e Globalização recebe apenas inscrições online. O curso, que será lecionado em inglês, é aberto a candidatos de todo o mundo e as bolsas de estudos completas serão disponíveis para não residentes da Europa.  Para mais informações

Fanfictions na programação da Flupp

Fanfictions na programação da Flupp

A Festa Literária Internacional das Periferais (FLUPP) de 2015 receberá um grupo de leitores e autores de fanfictions – “ficção criada por fãs”, jovens reescrevem livros ou trechos de obras que admiram e as publicam nas redes sociais. Um bate-papo mediado pela professora Cristiane Costa vai discutir os critérios para a publicação de uma obra, que, para quem entende do assunto, pode trazer um sopro de novidade, como fizeram os bloggers e os youtubers para o mercado editorial. O festival acontecerá nos dias 3 a 8 de novembro.    

Semana Estado de Jornalismo

Estão abertas as inscrições para a Semana Estado de Jornalismo, que acontecerá entre os dias 20 a 24 de outubro. Comemorando a décima edição do Prêmio Santander Jovem Jornalista, o evento contará com grandes profissionais do mercado, que realizarão palestras de 14 às 17h30, na sede do Estadão, em São Paulo. Já pela parte da manhã haverá oficinais e, no fim do dia, visitas à redação. As vagas serão limitadas pelos coordenadores dos cursos de jornalismo de todo o país. Quem participar dos quatro dias de palestras poderá concorrer ao 10º Prêmio Santander Jovem Jornalista – o tema para a...

Aplicativo organiza texto com normas da ABN

 Três estudantes de pós-graduação em Computação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) criaram um aplicativo para estudantes e professores aplicarem as normas de formatação de textos acadêmicos aos softwares de edição. Disponível há dois meses de forma gratuita para o público, o aplicativo, chamado FastFormat, foi desenvolvido durante os últimos quatro anos. Atualmente o software é capaz de facilitar a vida de interessados em produzir artigos de conferência e periódicos, trabalhos de conclusão de curso, monografias, dissertações e teses de quaisquer instituições, que tenham como referência a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O software está temporariamente gratuito para os usuários,...

Curso gratuito sobre jornalismo de dados

O curso online “Técnicas Básicas do Jornalismo de Dados” será oferecido em português, dos dias 3 de agosto a 6 de setembro. O curso terá duração de cinco semanas e será ministrado pelos coordenadores da Escola de Dados, Marco Túlio Pires e Natália Mazotte, e pela repórter investigativa do jornal Houston Chronicle Lise Olsen. Além de conhecerem as principais técnicas do jornalismo de dados, participantes residentes no Brasil poderão concorrer a um programa especial em São Paulo: uma visita à sede do Google Brasil, onde participarão em um seminário presencial sobre jornalismo de dados. Serão oferecidas pelo menos seis bolsas a jornalistas, professores e estudantes de jornalismo,...

Acusação de plágio

Pablo Katchadjian foi condenado a pagar 80 mil pesos (cerca deR$ 27 mil) à viúva e herdeira da propriedade intelectual do escritor Jorge Luis Borges por um suposto plágio, após divulgar seu livro “El Aleph Engordado”, reescritura do famoso conto“O Aleph”. Em entrevista ao Jornal “A Gazeta” (13/07), do Espírito Santo, a professora Cristiane Costa caracterizou a condenação da obra como um “absurdo”, “uma total falta de sensibilidade artística por parte da viúva.” Confira a matéria na íntegra

O jornalista empreendedor

“Jornalismo” e “empreendedorismo” são palavras que até pouco tempo não combinavam. O autêntico jornalista era aquele que trabalhava em um grande veículo de comunicação. Tem dúvida disso? Então faça uma reflexão de quem são os profissionais da área que você admira. Embora as empresas de conteúdo jornalístico ainda sejam minoria no universo das startups, aos poucos, novos modelos de negócio vem sendo criados, resgatando valores esquecidos em algumas redações. Para mostrar que o jornalista pode, sim, ser um empreendedor, o site Draft listou quatro projetos inspiradores feito por pessoas que já trabalharam em veículos tradicionais e, agora, possuem um sonho...

Debate na Flip

A professora e escritora Cristiane Costa participa nesta sexta-feira, dia 3 de julho, de uma mesa redonda promovida pela Off Flip das Letras, durante a Festa Literária Internacional de Paraty. O tema em debate é a autopublicação e também conta com a presença da escritora Vanessa Bosso, o editor Raphael Secchin e o curador do evento, Ovídio Poli Junior. Os convidados falam sobre as novas perspectivas abertas à escritores que estiveram à margem do mercado editorial e preferem começar com a autopublicação digital. O encontro inicia às 17h na Casa Off Flip das Letras (Rua da Lapa, 375, Centro...

Autopublicação: presente e futuro

Novos (e já permanentes!) paradigmas no mercado editorial Parece inegável que as técnicas para um autor publicar por conta seu próprio livro estão aqui para ficar. Centenas de títulos invadem as lojas virtuais brasileiras com obras de autores de gêneros diversos, mas com uma coisa em comum: a opção pela autopublicação. A Simplíssimo, produtora gaúcha de e-books, lança um novo serviço gratuito para publicação e distribuição em lojas como Apple Store, Amazon, Livraria Cultura e Google Play. Chama a atenção a facilidade: basta enviar um original em .doc para ele seja convertido em ePub e distribuído para as livrarias....

Literatura de apropriação no Curta!

A jornalista Cristiane Costa participou, neste domingo (17/05), da revista semanal do canal Curta!. Em entrevista, Cristiane falou sobre a Escrita (Re) Criativa e o seu último lançamento: Sujeito Oculto, da editora aeroplano. “Eu sempre quis ser escritora, quando comecei a escrever, descobri que não sabia falar sozinha. Na escrita recriativa o autor é editor, um curador, a partir da seleção de elementos e como ele coloca isso, se faz um novo projeto criativo. Esse é o meu trabalho. Dizem que plágio é roubar de um, então arte é roubar de vários”, ressalta. No dia 8 de junho, Cristiane Costa e...

Como preparar uma boa monografia?

Muitos estudantes entram em pânico na hora de  realizar o seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso). Diante disso, o site Universia criou uma página especial, com diversas dicas, para auxiliar os universitários na preparação de sua monografia. Entre os materiais de auxílio, estão textos que abordam desde a escolha do tema até o momento da revisão. Acesse os conteúdos no link http://noticias.universia.com.br/tag/especial-monografia/.

Biblioteca Nacional disponibilizará acervo dos Diários Associados na internet

O acervo completo dos Diários Associados estará disponível para consulta on-line na Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional. Periódicos importantes como o Jornal do Commercio, Correio Brasiliense, Diário da Noite e a revista O Cruzeiro, entre outros, terão todos os seus exemplares acessíveis na rede gratuitamente. http://www.bn.br/noticia/2015/04/biblioteca-nacional-fecha-acordo-digitalizacao

Captolina: Meninas se sentem representadas pela revista digital

Captolina: Meninas se sentem representadas pela revista digital

O caráter libertário é evidente a cada parágrafo. Em abril de 2014, surge a Capitolina – uma revista online independente destinada a adolescentes que sentem falta de ter suas experiências representadas pelas publicações teens tradicionais. A revista, que hoje conta com mais de 15 mil likes no facebook, é resultado da dedicação de 71 colaboradoras, entre 16 e 24 anos, para que diferentes perfis de leitoras se sintam parte do universo proposto pela  Capitolina. Confira a edição de aniversário no site http://www.revistacapitolina.com.br/