É hora da Apple reinventar a TV

“I finally cracked it.” Essas quatro palavras mágicas da nova biografia de Steve Jobs reacenderam os rumores sobre as intenções da Apple de reinventar a última grande tela no nosso dia-a-dia: a televisão. Eis como ela deveria se parecer – e porque deve acontecer agora.

Os rumores sobre a televisão da Apple circularam por anos, mas só agora sabemos que, quando falava com seu biógrafo oficial, Steve Jobs estava decidido a reinventar a televisão. E após tempos tentando aprimorar uma interface amigável para o conteúdo em vídeo, ele finalmente sentiu que tinha “decifrado”. A excitação cresceu rapidamente desde sua revelação, e um analista checou com suas fontes e disse que os testes com os protótipos de HDTV já estão no forno, sugerindo que o aparelho pode estar a caminho mai rápido do que pensávamos.


A televisão da Apple faz sentido de inúmeras formas, mas a Apple está realmente avançando em águas inexploradas aqui – e elas estão tanto poluídas com restos dos dispositivos de outrora quanto infestadas de tubarões.

Como revelado em sua biografia, Jobs sentiu em relação à maneira como consumidores usam a TV a mesma excitação que sentira sobre telefones celulares: ele viu uma necessidade de pegar algo que estava estagnado e torná-lo novo, simples, elegante e “completamente fácil de usar”. Além de ser “perfeitamente sincronizada com todos os seus dispositivos e com o iCloud”, ela teria uma interface simples que abandone o velho sistema de controles remotos extremamente complexos para TV, DVD e conversor. Resumindo, ela teria “a interface de usuário mais simples que você possa imaginar”.

O resultado disso pode apenas ser imaginado por enquanto. Talvez um controle com touchscreen, talvez os próprios iPhones ou iPads e até uma tecnologia baseada em gestos do usuário estão entre os palpites. A possibilidade mais animadora, no entanto, é que a Apple use a tecnologia do Siri para que a TV seja capaz de obedecer nossas ordens por comando de voz, adicionando um leve toque de ficção científica em nossas vidas.

E o que podemos dizer quanto ao objetivo dessa TV? É pouco provável que a Apple tente lançar uma televisão conectada à internet que vá competir em igualdade com modelos já existentes. Jobs provavelmente queria “bagunçar” o mercado de uma forma não usual, talvez desenvolvendo uma forma de dar mais controle, mais conteúdo e mais liberdade ao usuário final.

As especulações são muitas, mas uma coisa é certa: como tudo que a Apple toca, a TV nunca mais será a mesma.

Fonte: http://www.fastcompany.com/1790382/its-time-for-apple-to-turn-off-its-tv-and-turn-on-its-television?partner=homepage_newsletter

Be Sociable, Share!

Tags:

Comments are closed.