Inteligência coletiva: comunicação, capitalismo cognitivo e micropolítica

 

Os processos de colaboração estão presentes por toda aparte em nossa sociedade. Na esfera da comunicação as redes digitais popularizaram as ações colaborativas, sendo o fenômeno das comunidades virtuais seu fato mais marcante. Já no âmbito do trabalho imaterial, vamos encontrar um forte apelo às redes de colaboração, que tornou-se um refrão ecoando por todo o mundo organizacional. Há mais de uma década, o conceito de inteligência coletiva passou a ser sinônimo dessa noção de colaboração, tanto na comunicação quanto no campo do trabalho. Mas será que o conceito se esgota aí? Confira uma reflexão sobre essas dimensões do conceito de inteligência coletiva e da abertura a uma nova dimensão, a micropolítica, onde ele passa a ser entendido como resistência aos processos de alienaçãodo capitalismo cognitivo.

Veja o artigo completo no endereço abaixo

http://revistaseletronicas.pucrs.br/fale/ojs/index.php/revistafamecos/article/viewFile/4801/3605

Be Sociable, Share!

Tags:

Comments are closed.