André Lemos - Materialidade dos Dispositivos de Leitura Eletrônicos

André Lemos - Materialidade dos Dispositivos de Leitura Eletrônicos André Lemos - Materialidade dos Dispositivos de Leitura Eletrônicos

Rodrigo Savazoni - Sobre o Momento Digital

Rodrigo Savazoni - Sobre o Momento Digital Rodrigo Savazoni - Sobre o Momento Digital

Arthur Protasio - Games: Uma Mídia de Expressão

Arthur Protasio - Games: Uma Mídia de Expressão Arthur Protasio - Games: Uma Mídia de Expressão

Beatriz Lagoa - Arte-tecnologia: divergências e convivências

Beatriz Lagoa - Arte-tecnologia: divergências e convivências Beatriz Lagoa - Arte-tecnologia: divergências e convivências

Jonas Federman - Notas sobre um curso de Arte Digital

Jonas Federman - Notas sobre um curso de Arte Digital Jonas Federman - Notas sobre um curso de Arte Digital

Luiz Agner - Informação jornalística e design da interação gestual

Luiz Agner - Informação jornalística e design da interação gestual Luiz Agner - Informação jornalística e design da interação gestual

César Viana - Como preparar jornalistas e a mídia para lidar com os novos espaços de informação e cidadania

César Viana - Como preparar jornalistas e a mídia para lidar com os novos espaços de informação e cidadania César Viana - Como preparar jornalistas e a mídia para lidar com os novos espaços de informação e cidadania

Por uma ideia de literatura expandida

Por uma ideia de literatura expandida Por uma ideia de literatura expandida

Sujeito Oculto - Download gratuito

Sujeito Oculto - Download gratuito Sujeito Oculto - Download gratuito

Sujeito Oculto – Download gratuito

Sujeito Oculto – Download gratuito

Plágio? Remix? Leia gratuitamente a primeira parte de Sujeito Oculto, novo romance de Cristiane Costa e cheque por si mesmo. “Usando a maestria de ser uma das mais conhecidas pesquisadoras dos horizontes que a mídia digital vem abrindo para a criação de novos formatos narrativos, Cristiane Costa vai fundo nas possibilidades do visual writing, do remix e do sampling, da pirataria criativa, da autoria indefinida e, ainda, da mistura deliberada de gêneros. Trata-se, afinal, de uma ficção, de uma biografia ou de um ensaio crítico?”, pergunta-se Heloisa Buarque de Hollanda na contracapa do livro. Download gratuito

A Psicologia da Criptomnésia: Como nós plagiamos inconscientemente ideias existentes

A Psicologia da Criptomnésia: Como nós plagiamos inconscientemente ideias existentes

“Qualquer experiência pela qual um escritor já passou vai influenciar o que ele faz, e não apenas o que ele já leu, mas as músicas que ele ouviu, as imagens que ele viu.” disse William Faulkner em 1958. Essa noção – de que “nossas” ideias” são o produto combinatório de todos os tipos existentes de ideias que nós absorvemos enquanto vivemos – é algo já discutido por diversos autores. Em 1989, psicólogos Alan Brown e Dana Murphy criaram um termo para esse fenômeno: criptomnésia. No livro “The Psychology of Writing” (A Psicologia da Escrita, em tradução livre), o psicólogo cognitivo...

Lançamento – Sujeito Oculto

Lançamento – Sujeito Oculto

Plágio. Remix. Apropriação. Qualquer que seja a palavra usada, o tema subjacente a este romance premiado com a Bolsa Petrobras de Produção Literária é roubo. Com todas as letras. Construído a partir de um copy/paste de palavras e frases subtraídas de outros livros, num processo de montagem explicitado pelo ousado projeto gráfico, Sujeito oculto cria um jogo de espelhos infinitamente recuado em que o autor nunca é quem parece ser. Afinal, quem seria o autor deste romance senão mais um personagem, que apenas não sabe que está participando do jogo literário? Tecido a partir de citações, frases feitas e...

Aplicativo reúne em mapa locais ligados à obra de Machado de Assis

Bentinho e Capitu, personagens do romance “Dom Casmurro” (1899), foram moradores da rua Riachuelo, na Lapa. Já em “Memórias Póstumas de Brás Cubas” (1881), o narrador reencontra uma antiga paixão ao caminhar pela rua do Ouvidor, no centro da cidade. As referências à cidade que pontuam a ficção de Machado de Assis (1839-1908) motivaram o projeto “Rio de Machado”, que lista 81 endereços citados nos livros do autor, além de 20 locais associados à rotina do escritor. Idealizadoras do projeto, a curadora Daniela Name e a consultora digital Gabriela Dias reuniram, em um aplicativo, um mapa no qual cada...

Guia completo para análise de Marketing de Conteúdo

Guia completo para análise de Marketing de Conteúdo

A questão mais perturbadora para qualquer um envolvido em marketing de conteúdo é: como medir a eficácia do meu marketing de conteúdo? Quando perguntados, marketeiros recorrem a métricas como “visualizações de página” e “compartilhamentos” ou anedotas sobre como o conteúdo está funcionando por causa do feedback do departamento de vendas. Mas há uma forma melhor.

O seu projeto é inovador?

O seu projeto é inovador?

Como avaliar a inovação de seu projeto? A Fundação Telefonica criou um decálogo para você avaliar se seu projeto é realmente inovador. São diversos os critérios para avaliação, como geração de oportunidades para o futuro, possibilidade de colaboração, compromisso emocional e potencial de crescimento e sustentabilidade. Será que o seu projeto está bem em todos eles? Confira

Referências, por favor

Referências, por favor

Na era da Internet, nós realmente precisamos de notas de rodapé para as citações que fizemos no texto? Para um livro ser levado a sério, ele precisa nos levar direto a uma página amarelada de alguma edição despedaçada nas profundezas de uma biblioteca austera, se o material poderia ser igualmente encontrado através de uma busca no Google? Leia mais (em inglês)

Blind Spot: novo aplicativo de mídia interativa


Veja o vídeo de demonstração do aplicativo BLIND SPOT, que será lançado nesse ano em sua primeira versão. É um aplicativo para iPad construído para um estilo de vida móvel num mundo em que tudo é compartilhado e conectado. É seguro dizer que ele irá transformar a ideia de mídia interativa, ainda que todos estejam afirmando isso atualmente.

O jornal de papel estará extinto em 2040?

O jornal de papel estará extinto em 2040?

De acordo com um estudo australiano, sim, com os Estados Unidos eliminando progressivamente o meio tão cedo quanto 2017. Já ouvimos uma aparentemente infinita condenação do estado do jornalismo e indústria de notícias. Centenas de jornais fecharam e os leitores estão desaparecendo, junto com os empregos. Esses medos não são infundados, mas são resultados positivos do levante da indústria de notícias? O documentários de 90 minutos “A Imprensa: em direção a um mundo sem papel?” (título original: ‘Presse: vers un monde sans papier ?’) apresenta a revolução digital sob um aspecto de “mudar é bom”. Leia mais (em inglês)

Clay Shirky no Harvard IT Summit 2014