Sites brasileiros na contramão da luta contra notícias falsas

Alguns grupos brasileiros reagiram negativamente ao combate de fake news pelo Facebook. Entre os 14 países onde a rede social criou parceria com agencias de checagens de notícia, o Brasil foi o único em que a reação foi observada. A plataforma, que ganhou fama nos últimos anos de ser espaço de propagação de notícias falsas, se manifestou em defesa dos jornalistas.

“O trabalho deles é checar fatos, não ideias. Nossos parceiros no Brasil têm sido alvo de ataques pelo trabalho que estamos fazendo para ajudar a construir uma comunidade melhor informada. Condenamos essas ações e seguimos comprometidos em trabalhar com organizações reconhecidas pela IFCN no nosso programa de verificação de notícias”, diz trecho da nota divulgada no dia 18 de maio.

O site Deutsche Welle publicou reportagem sobre, que pode ser acessada clicando aqui.

Be Sociable, Share!

Comments are closed.